Tupperware perde quase 40% em ações e corre risco de falência, afirma site

Na abertura do pregão desta segunda-feira, as ações da Tupperware sofreram uma queda de quase 40%, após a empresa emitir um aviso informando sobre a possibilidade de falência.

Em um documento regulatório divulgado na última sexta-feira, a fabricante de recipientes afirmou que existem “dúvidas substanciais” sobre sua capacidade de continuar operando e que está trabalhando com consultores financeiros para encontrar financiamento e manter suas atividades.

A Tupperware declarou que, sem garantir recursos financeiros adicionais, não terá dinheiro suficiente para sustentar suas operações, e por isso, está considerando possíveis demissões e revisando seu portfólio imobiliário em busca de economia.

Além disso, a Bolsa de Valores de Nova York alertou que as ações da Tupperware podem ser retiradas da lista, uma vez que a empresa não apresentou o relatório anual obrigatório.

O que diz o CEO

“A Tupperware embarcou em uma jornada para reverter nossas operações e hoje marca um passo crítico para lidar com nossa posição de capital e liquidez”, disse o CEO Miguel Fernandez em comunicado à imprensa.

“A empresa está fazendo tudo ao seu alcance para mitigar os impactos dos eventos recentes e estamos tomando medidas imediatas para buscar financiamento adicional e resolver nossa situação financeira.”

Nos últimos anos, a Tupperware, com 77 anos de existência, tem enfrentado dificuldades para manter sua relevância diante da concorrência.

Estratégia em captar os jovens

Para atrair clientes mais jovens e abandonar sua imagem séria, a empresa vem lançando produtos novos e modernos e fechou uma parceria com a Target no ano passado para a venda de seus produtos.

No entanto, segundo Neil Saunders, analista de varejo e diretor administrativo da GlobalData Varejo, vários problemas estão prejudicando a empresa, incluindo uma queda significativa no número de vendedores, a diminuição do interesse do consumidor em produtos domésticos e uma marca que ainda não se conecta totalmente com o público mais jovem.

Saunders disse que a Tupperware está em uma “posição precária” financeiramente porque luta para aumentar as vendas e por ser pouco ativa, não tem “muita capacidade de arrecadar dinheiro”.

“A empresa costumava ser um viveiro de inovação com utensílios de cozinha para resolver problemas, mas realmente perdeu sua vantagem”.

A Tupperware afirmou que a parceria com a Target faz parte do processo de reinvenção da marca, que inclui a expansão dos negócios por meio de diversos canais de varejo e a introdução de seus produtos a consumidores mais jovens, que nunca haviam ouvido falar das famosas festas da empresa.

No entanto, até o momento, essa estratégia não tem funcionado, tendo em vista que as ações da empresa caíram 90% em 2022 e ela emitiu outro aviso de “continuidade” em novembro do ano passado.

Previous post Em entrevista, Xuxa lamenta sobre o passado: ‘Queria ter dado mais’
Next post Líder do MST ameaça invadir fazendas por todo país; ‘mês de abril baterá recorde’
google.com, pub-1493856782872548, DIRECT, f08c47fec0942fa0