CNN Brasil tem rombo de R$ 330 milhões com menos de três anos de existência

Foi revelada as motivações que levaram o desligamento imediato de mais de 120 profissionais no início deste mês na CNN Brasil, as consequência é um rombo que já ultrapassa os R$ 330 milhões com menos de três anos de atividades.

O canal novato no país, lançado em março de 2020, já registra em seus apenas dois anos de existência, um déficit de R$ 236 milhões. As informações apuradas são do site Notícias da TV.

Em sua passagem no país, a emissora que prometia trazer um jornalismo com credibilidade, deve fechar 2022 com um prejuízo adicional de R$ 100 milhões.

O site do UOL informa que para operar no país, a CNN Brasil recebeu um aporte de R$ 236.100.750 em 2021, mas ressalta o sequinte, muito provavelmente o dinheiro não entrou nos cofres da emissora de forma integral, mas apenas “para cobrir necessidades de caixa”.

Além dos R$ 236 milhões injetados nos dois primeiros anos, a CNN Brasil deverá fechar 2022 com um rombo de mais R$ 100 milhões, conforme informou Guilherme Ravache em sua Coluna de Mídia no Notícias da TV. Ou seja, em menos de três anos, o canal terá consumido mais de R$ 330 milhões.

A CNN, de acordo com Camargo, reduziu seus custos em 30%. Para tanto, renegociou contratos com fornecedores e abriu mão de profissionais, como Monalisa Perrone, Gloria Vanique e Sidney Rezende. Sua operação tende a ficar enxuta, num modelo estilo Jovem Pan, que inclusive, ultrapassou a emissora de Menins em audiência com menos de um ano de existência.

Em recente entrevista ao UOL o novo presidente do conselho administrativo da vermelhinha, João Camargo, disse que as demissões e cortes de custos realizados no início de dezembro são um esforço para reduzir esse déficit e tornar a CNN Brasil lucrativa ainda em 2023.

Via: https://blogpaulogustavo.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Sem imigrantes, Portugal quebra e população tende a diminuir para 7 milhões de habitantes, diz estudo
Next post Mais de 13 mil brasileiros tiraram a cidadania portuguesa no último ano
google.com, pub-1493856782872548, DIRECT, f08c47fec0942fa0