Jornalista da CNN tem microfone cortado após defender Roberto Jefferson

O jornalista ex-Globo Márcio Gomes (foto) mandou cortar o microfone do também jornalista Fernão Lara Mesquita, ex-diretor do Estadão, durante o CNN Prime Time, após ele defender Roberto Jefferson, preso novamente nesse fim de semana, e criticar o STF.

“Tomando multa por minuto porque falou qualquer dado da biografia real do Lula. Só pode falar de biografia fake, a verdadeira não pode mencionar. Você não tem pra quem recorrer porque quem manda fazer isso é o ministro, que declara que tem caras que ele é amigo e tem caras que ele é inimigo. O ministro do Supremo Tribunal Federal declara isso todo dia. Para os amigos dá tapinha na bochecha, para os inimigos ele manda empurrar. Então é assim”, disse.

Irritado, Márcio Gomes pediu para cortar o microfone de Fernão“Fernão, desculpa. Fernão, Fernão, Fernão, a gente vai cortar o microfone então e vai deixar o Iuri falando só pra terminar”, afirmou o âncora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Fuga de Lula dos debates faz Bolsonaro falar para 10 milhões de pessoas sozinho
Next post Rádios confirmam que não receberam do TSE material de campanha de Bolsonaro
google.com, pub-1493856782872548, DIRECT, f08c47fec0942fa0