Bolsonaro aciona a Justiça contra Janones por injúria e calúnia

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma queixa-crime contra o deputado federal André Janones (Patriota-MG) por injúria e calúnia.

Bolsonaro cita os tuítes em que o deputado se refere ao ex-presidente como “miliciano ladrão de joias”, “ladrãozinho de joias”, e “assassino”, além de afirmar que ele “matou milhares na pandemia”.

“As manifestações do querelado não estão acobertadas pela imunidade parlamentar (artigo 53 da CRFB), uma vez que as ofensas proferidas deliberadamente, sem qualquer contextualização ou veracidade, não guardam relação com o debate político, não são críticas políticas e, muito menos, confronto de ideias”, diz a defesa de Bolsonaro.

Além da condenação, o advogado de Bolsonaro, Antonio Carlos Fonseca, pede que Janones pague R$ 20 mil por cada ofensa e as despesas processuais.

Via Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post União Europeia e Estados Unidos criticam duramente falas de Lula, “está reproduzindo propaganda russa e chinesa”
Next post Vídeo de Janones criticando Gilmar Mendes é resgatado, “terminou em pizza”, veja
google.com, pub-1493856782872548, DIRECT, f08c47fec0942fa0