Macron condena atos na França e lembra do 8 de janeiro no Brasil

Nesta quarta-feira (22), o presidente francês Emmanuel Macron comparou as manifestações intensas contra a reforma da previdência na França com a ação que ocorreu nos prédios dos Três Poderes no Brasil em 8 de janeiro. Ele também mencionou o episódio que aconteceu no Capitólio dos Estados Unidos em 2021.

Durante sua participação em um programa de televisão francês para esclarecer pontos sobre a reforma da previdência, Macron explicou o motivo de ter implementado a lei sem a votação dos deputados. Em sua fala, o presidente reprovou os protestos e acusou “grupos que usam a violência”.

Ele defendeu a reforma e deixou claro que não tolerará qualquer ação violenta contra o governo. “Não podemos aceitar nem os subversivos, nem as facções”, afirmou Macron. Ele também destacou a recente onda de ataques a instituições em países como os Estados Unidos e o Brasil, enfatizando a necessidade de impedir qualquer tumulto.

Embora o projeto tenha alta rejeição entre a população francesa, Macron afirmou que a reforma é de interesse público e que as mudanças são necessárias para a economia do país. Ele comunicou que a lei entrará em vigor até o final deste ano.

“Esta reforma é necessária. Ela não me agrada, gostaria de não tê-la feito, mas também me comprometi a fazê-la”, declarou o chefe de Estado. Ele argumentou que a entrada em vigor até o final de 2023 é importante “para que as coisas se encaixem”. Macron também explicou que o motivo de ter chegado a este momento é que, durante uma década, o país acreditava que poderia gastar sem produzir, o que, segundo ele, é uma mentira.

Macron quer agilizar implementação

O presidente da França também comunicou que tem muita pressa para que o projeto seja implementado. Ele relatou que a reforma da previdência permitirá que 1,8 milhão de aposentados tenham “um acréscimo de cerca de 600 euros por ano em média” nos pagamentos das aposentadorias.

Reprodução DE IMAGEM: Twitter / @Elysee

Macron

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Globo encerra programa Central do Apito após grande rejeição do público
Next post PCC teve prejuízo de R$ 3 milhões de reais com plano para matar Moro
google.com, pub-1493856782872548, DIRECT, f08c47fec0942fa0