Flamengo envia transferência de mais de R$ 1 milhão para pessoa errada e tenta recuperar na Justiça

Em janeiro deste ano, o Flamengo anunciou a venda do volante João Gomes para o Wolverhampton, da Inglaterra, por 18,7 milhões de euros, o que equivale a mais de R$100 milhões. Como é comum em transações desse tipo, o jogador tem direito a uma parte do valor. No entanto, inesperadamente, João Gomes não pôde usufruir do dinheiro imediatamente, não por causa de atraso ou calote, mas porque o Flamengo enviou a quantia para outra pessoa: um xará do jogador. Como resultado, a quantia foi bloqueada pela Justiça.

Segundo informações divulgadas pelo jornalista Gabriel Reis, do canal Paparazzo Rubro-Negro, o Flamengo transferiu R$1.897.200,00 – correspondente à porcentagem do atleta – para outro João Victor Gomes da Silva. O erro só foi notado pelo clube quatro dias depois. Após perceber o erro, o Flamengo acionou a Justiça Federal e solicitou o bloqueio do valor, pedido que foi atendido. Como resultado, o xará do volante perdeu o acesso ao dinheiro.

A sentença do judiciário, proferida pela juíza Geraldine Vital, determinou que houve um grave erro por parte do Clube de Regatas do Flamengo ao transferir um valor tão alto para uma pessoa diferente, com o mesmo nome e um número de CPF diferente, que não era o verdadeiro beneficiário.

*AE

Melhores links úteis que recomendamos:

Melhor aparelho de TV com milhares de canais sem mensalidades: AQUI

Melhor produto de crescimento de cabelo masculino: AQUI

New Detox o principal emagracedor usado pelas famosas: VEJA AQUI

Kit S.O.S Crescimento: VEJA AQUI

Melhor Home Office e mais lucrativo: AQUI

Previous post Maior assassino do Brasil morre assassinado em São Paulo
Next post Homem é condenado a pagar à ex-mulher R$ 1.1 milhão por trabalho doméstico na Espanha
google.com, pub-1493856782872548, DIRECT, f08c47fec0942fa0