Brasileiros ganham direito de residência para estudar em Portugal

Uma ótima notícia para milhares de estudantes brasileiros que entraram em Portugal com suas famílias de forma irregular receberam autorizações de residência para continuar na escola.

O SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) informou que os brasileiros são maioria entre os 2,1 mil alunos imigrantes atendidos pelo programa “SEF vai à escola”. Logo em seguida estão os estudantes de Cabo Verde da África.

Este projeto foi retomado e concedeu esta semana 15 títulos de residência aos imigrantes de uma escola pública em Lisboa, oito deles são brasileiros.

A idade dos alunos adolescentes são entre 12 e 15 anos que podem se afastar do percurso escolar devido à ausência da documentação para permanecer legalmente no país. Uma lacuna que o programa que foi criado em 2010 tenta preencher.

“Permite prosseguir além da escolaridade obrigatória, prevenindo comportamentos desviantes no momento da transição para a maioridade, seja no ensino superior ou na integração com o trabalho”, informou o SEF.

Com essa conquista os alunos podem com mais facilidade integrar o acesso aos serviços do Estado e de organizações privadas. Um direito básico que muitos imigrantes ainda lutam para ter, mesmo pagando impostos.

Para mais notícias e vagas de emprego em Portugal acesse: www.guiadeemprego.pt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Demissões na CNN Brasil tem por objetivo economizar R$ 5 milhões
Next post Sem imigrantes, Portugal quebra e população tende a diminuir para 7 milhões de habitantes, diz estudo
google.com, pub-1493856782872548, DIRECT, f08c47fec0942fa0