Rafinha Bastos é vai indenizar ex-diretor da Globo, Marcius Melhem, por piada com assédio

Rafinha Bastos perdeu um recurso no processo movido por Marcius Melhem, que vai receber R$ 50 mil de indenização por dano moral. Melhem diz que o humorista prejudicou a sua imagem e maculou a sua honra ao fazer piada com as acusações de assédio moral e sexual sofridas enquanto chefe do departamento de humor da Globo. 

O caso foi julgado pela 7ª Câmara do Direito Privado do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) em segunda instância. Segundo o site Notícias da TV, a primeira decisão, a Justiça havia concordado com os argumentos de Melhem, mas livrou Bastos de fazer uma retratação pública.

A questão começou em dezembro de 2020, quando Melhem respondeu aos casos de assédio. Rafinha questionou as falas dadas em entrevista ao UOL e ironizou em vídeo a um trecho em que o colega de profissão afirmava que as acusações eram dolorosas.

Caso Melhem:

Reportagens da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, e da revista piauí revelaram em novembro de 2020 que a comediante Dani Calabresa e outras mulheres teriam sido assediadas por Marcius Melhem quando ele ainda era diretor do departamento de humor da Rede Globo.

Em entrevista ao UOL, o acusado admitiu erros do passado, principalmente em seus relacionamentos pessoais, e que teve atitudes nos ambientes profissional e pessoal controversas. Ele negou, no entanto, que tenha assediado qualquer mulher.

“Eu agradeço muito as pessoas que não me cancelaram, mulheres, amigas, que se dispuseram a me ensinar. Minha ex-mulher, cara. Eu traí ela várias vezes. Foi muito doloroso para mim”, disse o ex-Zorra Total.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post O Globo “esclarece erro” do resultado do segundo turno com Lula eleito
Next post Bolsonaro afirma que já virou na disputa presidencial
google.com, pub-1493856782872548, DIRECT, f08c47fec0942fa0